Desde 1991 crescendo e transformando sonhos em realidade.

A difícil tarefa de escolher uma escola.

A escolha de uma escola é uma tarefa bastante difícil, apesar de muitas pessoas não considerarem isto como um fato verdadeiro.

Nesta minha primeira mensagem, eu não poderia deixar de comentar sobre este assunto.

Após muitos anos de experiência em educação, o que eu percebo através de conversas com os pais que procuram escola, é  que muitos desconhecem um fator importantíssimo,  que é a autorização de funcionamento, que toda escola deve ter.

A primeira informação que um pai deve obter ao procurar uma escola é se essa instituição tem autorização de funcionamento expedida pelo órgão competente, seja Núcleo de Ação Educativa (prefeitura) ou Diretoria de Ensino (estado).

A autorização de funcionamento é o selo de qualidade da escola, sem ela a escola não pode trabalhar.

Por outro lado, para os pais, essa autorização torna-se uma garantia de que a escola trabalha dentro do que a legislação exige. A autorização é, de certa forma, uma segurança a mais que a escola tem que oferecer aos Pais.

Após a confirmação da autorização, aí sim os outros detalhes devem ser verificados.

Esses detalhes são muito particulares, pois cada pessoa tem uma expectativa com relação ao que, para ela, é uma boa escola.

Nem sempre uma excelente escola para um é necessariamente excelente para

todos. Isto acontece porque as crianças são diferentes e as expectativas com relação à escola automaticamente  tornam-se diferentes. Escola não pode, e não deve ser sinônimo de status para os pais, o que realmente é importante, é   saber como seu filho será tratado dentro da instituição escolar. Como mais um ?

O ideal é que a escola procure atender cada criança respeitando a sua individualidade. Porém isto nem sempre é possível, em todas as instituições escolares.

Por isto torna-se muito importante  conhecer a filosofia da escola, a metodologia e os valores. Estes fatores devem estar de acordo com  as  expectativas da família  e de acordo também com a cultura e dinâmica familiar. Não deve existir choques de culturas entre escola e família.  

O número de crianças por classe também é um fator muito importante, principalmente para a educação infantil. Quanto menor a criança, menor deve ser também a quantidade de alunos por classe/professor. Para esta faixa etária,  deve ser considerada  também, a questão dos cuidados que a criança necessita. Mas atenção, ao ingressar em uma escola é óbvio que a criança deve ter as suas necessidades atendidas, mas não somente isto. A criança da educação infantil não vai para a escola para ser cuidada, ou para brincar. Ela vai para a escola também para brincar e ser cuidada, mas além disto, deve existir uma proposta pedagógica para esta faixa etária, que vise o desenvolvimento global dessa criança.

No ensino fundamental de 1ª à 4ª série a relação aluno/classe, também é importante, pois a criança  ainda precisa de um acompanhamento mais próximo do professor e principalmente, ter as suas características respeitadas.

Ainda para esta faixa etária, a escola não deve exigir que a criança siga o ritmo da instituição, não deve estipular como e em que tempo a criança tem que se desenvolver ou atingir determinado conteúdo.

Claro que o conteúdo é importante e que a escola deve trabalhar de acordo com a sua proposta pedagógica, porém deve sempre auxiliar cada criança em suas dificuldades para que ela cresça, não só em tamanho, mas como ser humano, participativo e integrante na sociedade.

 É isto que você quer para o seu filho, não é? Não se esqueça :

Hoje é você quem escolhe pelo seu filho para que amanhã ele possa fazer as melhores escolhas.
Pense nisto com carinho!

Um abraço, aguardo sua visita
Ana Martinez Iniesta
Psicopedagoga
Diretora

Voltar